31 de outubro de 2007

Seremos todos perfeitos?

Miguel Ângelo disse uma vez a alguém que chamara perfeito a uma escultura sua: "A perfeição já lá estava, eu limitei-me a tirar o que estava a mais".
Da mesma maneira, será que a perfeição está em todos nós, no mundo, em tudo que é real? Eu acredito que sim. A perfeição está em cada um de nós, mas não está sozinha; tem muitas coisas que estão a mais, muitas coisas fora do lugar. E é preciso arte para conseguir saber distinguir aquilo que está a mais daquilo que faz falta. É preciso arte para se saber tirar o bocado de pedra que está a mais.
Por isso, não apoio a frase já considerada parte integrante da sabedoria popular e do senso comum: "Ninguém é perfeito.". Na minha opinião: «
Todos são perfeitos, mas ninguém sabe onde encontrar a sua perfeição.»

6 comentários:

Migú disse...

sua excelência, o altíssimo (em altura, mesmo) jogador da prestigiada academia Bragafut, digo t k n concordo c a tua teoria. essas "pedras" d k falaste sao afinal, defeitos, e as pessoas perfeitas sao, na mnh opiniao, pessoas s defeitos. Assim, penso k n somos perfeitos, por causa dessas "pedras" d k tu falas. Concordo, no entanto, kando tu dizes k somos perfeitos kando tirarmos essas pedras. Quanto à possibilidade d as conseguir tirar todas, isso ja e outra kestao filosofica k podes colocar neste "bloguzito". Abraço.
Migu

Andre Vilar disse...

Bem dito! Concordo com tudo o que escreveste! É uma boa maneira de ver a vida! Continua assim.... abraços!

Anônimo disse...

Até ler esta questão no teu blog tinha a opinião de que ninguém era perfeito. Mas depois de ler a tua opinião fiquei com outra perspectiva do assunto. Sinceramente nunca tinha pensado nisso. É muito provável o que tu dizes e agora concordo plenamente.
Se nao houvesse perfeição, como muitas pessoas dizem, não existia essa palavra nem a sua designação nem fazia sentido usá-la.

Beijos adoro a tua maneira de pensar!
mariajoao

parte dela disse...

sabes, todas as pessoas têm parte da sua escultura fora do lugar. todas as pessoas precisam de entender o que falta (um pormenor que achamos sem importância pode ser o que mais importa) e todas as pessoas têm um pequeno fragmento fora do sítio.

sim, também há pessoas que têm as pernas onde era suposto terem os braços e os braços onde era suposto terem as pernas. e não são deuses, são simplesmente muito imperfeitos.

concordo com a tua opinião, mas sendo assim, ninguém mesmo consegue encontrar a sua perfeição, nem ninguém consegue perceber o que faz falta, nem ninguém consegue perceber os fragmentos a mais. muitas das vezes precisam de ajuda, um sopro de alguém, algo.

apesar de concordar, deixo aqui a minha opinião: para se ser perfeito é preciso saber-se ser imperfeito antes.

parte dela disse...

ps - bjnho ** gosto de ti ^^

Lau* disse...

adorei a designação de perfeição (: